Pilares da empregabilidade alta

Pilares da empregabilidade em alta. Faça o teste gratuitamente para saber como está seu nível de empregabilidade. 😉 Empregabilidade alta é a capacidade de conquistar, de se manter em um emprego e quando desejado, mudar de emprego ou conseguir uma promoção.

Empregabilidade alta

Empregabilidade alta é a capacidade de conquistar, de se manter em um emprego e quando desejado, mudar de emprego ou conseguir uma promoção. Antes de entrar no tema propriamente dito, preciso te perguntar:

Você está buscando um NOVO emprego? Se a sua resposta for sim, seja por que você está fora do mercado de trabalho ou está trabalhando, mas quer mudar de emprego.

Conheça meus conteúdos gratuitos e avançados para te ajudar a conquistar seu merecido NOVO emprego muito mais rápido! Acesse agora: https://janainalima.com.br/conteudos

Acabei de liberar um vídeo no YouTube sobre os Pilares da Empregabilidade em Alta. Assista aqui abaixo:

Empregabilidade envolve:

☑ Desenvolvimento Pessoal e Profissional

☑ Continuar se desenvolvendo, trata-se de desenvolver as competências necessárias para assumir um cargo ou carreira da forma mais eficaz possível, garantindo uma evolução continuada, assegurando total conhecimento e compreensão da área de especialização para uma carreira com o mais alto nível.

Quando você pensa em desenvolvimento pessoal, considera quais as competências que precisa desenvolver para alcançar os objetivos, tanto na carreira quanto na vida pessoal.

Exemplos de desenvolvimento pessoal:

Treinamento de liderança;
Gerenciamento de tempo;
Gestão de conflitos, habilidades de comunicação.

Exemplos de desenvolvimento profissional

Tecnologia da Informação;
Saúde e segurança do Trabalho;
Contabilidade e Finanças;
Conhecimentos jurídicos.

☑ Melhora de cargos e salários / Promoção

Invista em qualificação, faça um levantamento das suas realizações, empresas concedem aumentos com base no que os funcionários representam com resultados concretos, por isso, tenha o hábito de listar os projetos nos quais você contribuiu para melhorar o desempenho da empresa.

Fique atento a resultados como:

  • Percentual de aumento de vendas;
  • Lançamento de produtos;
  • Melhoria de processos;
  • Conquista de novos clientes.

Esteja preparado para avaliar outras formas de remuneração, se no momento a empresa não pode melhorar seu salário, durante a negociação podem ser oferecidos outros benefícios, tais como:

  • Pagamento de cursos de graduação, treinamentos ou idiomas.
  • Participação em eventos e conferências que sejam de seu interesse.
  • Alteração ou melhoria na estrutura de bonificação.
  • Aumento de benefícios, como planos de saúde, auxílio creche, vale alimentação, etc.

Importante:

  • Não mencione o salário de seus colegas, pedindo equiparação, foco nos seus resultados.
  • Se você recebeu uma proposta de trabalho, a negociação torna-se mais delicada. Pode ser um trunfo na hora de negociar, mas se o seu gerente não cobrir a proposta, você fica na obrigação de aceitar o novo emprego.
  • Não utilize como argumento o fato de estar com problemas financeiros ou ter que arcar com despesas inesperadas. As empresas encaram isso como um problema de ordem pessoal, que não lhes compete resolver.
  • Se seu pedido de aumento for negado, procure lidar com isso construtivamente. Peça a seu chefe sugestões para ajudar você a melhorar na carreira de modo a obter uma promoção. Se este não for o momento ideal para o aumento, pergunte quando poderão agendar uma nova conversa.

☑ Boa imagem, profissionalismo, networking, poder de escolha.

  • Vista-se apropriadamente para trabalhar.
  • Respeite a fala dos outros, mesmo que não concorde.
  • Saiba se posicionar como referência na sua área.
  • Aprenda a trabalhar em equipe.
  • Sempre que possível separe a vida pessoal da profissional, não leve problemas pessoais para o trabalho.
  • Conheça pessoas de várias áreas e vários níveis – com isso, você não fica preso a uma rotina, com as mesmas pessoas, os mesmos assuntos, mesmos tipos de eventos, mesmos locais, etc.
  • Siga as empresas de seu interesse nas redes profissionais, participe de grupos de discussão da sua área.
  • Networking é uma atividade que nunca acaba, é preciso ter interesse verdadeiro pelas pessoas e não buscá-las apenas quando estiver precisando de ajuda.

Assista o vídeo complementar abaixo e faça o teste para saber como está seu nível de empregabilidade.

Se você deseja conhecer seu grau de empregabilidade preencha o teste abaixo. Para que o resultado seja fidedigno responda a cada questão com a máxima sinceridade retratando a sua situação atual e não a situação ideal.

S = SIM    N = NÃO    + – = MAIS OU MENOS

1. Eu me envolvo completamente. Trabalho no emprego como se o negócio fosse meu. S N + –

2. Sou fluente na língua inglesa (conversação, leitura, escrita). S N + –

3. Adapto-me rapidamente a todos os tipos de mudanças na empresa. S N + –

4. Minha profissão está totalmente de acordo com minha vocação. S N + –

5. Crio constantemente desafios profissionais para mim mesmo S N + –

6. Faço pelo menos um curso de curta duração (de 8 a 24 horas) a cada seis meses. S N + –

7. Estou sempre atento às oportunidades de trabalho que surgem no mercado, ligadas à minha profissão. S N + –

8. O trabalho que executo é importante, mesmo assim, sou substituível a qualquer momento S N + –

9. Tenho grande iniciativa e estou sempre inovando no meu trabalho S N + –

10. Cuido da minha aparência e utilizo sempre roupas adequadas ao ambiente em que estou S N + –

11. Tenho uma rede contatos e relacionamentos profissionais fora da empresa que podem me abrir oportunidades de trabalho rapidamente. S N + –

12. Estou sempre me atualizando e fazendo cursos de aperfeiçoamento de média e longa duração em minha área profissional. S N + –

13. Tenho disponibilidade para viajar ou mudar de cidade. S N + –

14. Tenho facilidade de me relacionar com qualquer pessoa. S N + –

15. Se eu fosse demitido hoje, teria uma nova colocação no máximo em dois ou três meses. S N + –

16. Eu, não minha empresa, sou o maior responsável pelo desenvolvimento da minha carreira e da minha profissão. S N + –

17. Tenho facilidade de vender minhas ideias aos outros. S N + –

18. Sinto-me inibido em dar palestras e enfrentar público. S N + –

19. Trabalhar em equipe e interagir com pessoas é um dos meus pontos fortes. S N + –

20. Não me abalo com facilidade. Sei tomar decisões sob pressão e trabalhar em ambientes estressantes. S N + –

Faça sua Contagem de Pontos.

Marque um ponto para cada resposta SIM dadas às seguintes afirmações: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 9, 10, 11, 12, 13, 14, 15, 16, 17, 19, 20

Marque um ponto para cada resposta NÃO, dadas às seguintes afirmações: 8, 18

Marque meio ponto para cada resposta MAIS OU MENOS.

TOTAL DE PONTOS_______

SUA AVALIAÇÃO

De 18 a 20 pontos. Parabéns. O desemprego não aflige você, porque sua empregabilidade está no auge, você sabe investir em você e se destacar no trabalho, tem um bom network extra empresa, está atento ao que ocorre ao seu redor e às tendências do mercado. Se perdesse o emprego rapidamente conseguiria outra recolocação.

De 15 a 17,5 pontos. Sua empregabilidade está entre média e boa. Você procura se atualizar e busca ser reconhecido pela empresa, embora, talvez, nem sempre o consiga.

Demonstra interesse pelo que ocorre no mercado embora, necessariamente, não signifique que queira trocar de emprego.

É provável que você tenha que melhorar seu network. Observe as questões onde você não pontuou, ou obteve meio ponto, pois elas podem dar-lhe boas indicações do que necessita melhorar.

De 12 a 14,5 pontos. Sua empregabilidade é regular. Apresenta várias brechas que podem dificultar seu trabalho ou sua garantia de emprego. Procure analisar como anda seu aprimoramento profissional, seu relacionamento com entidades externas e profissionais da área e, sobretudo, como você está vendendo seu serviço na própria empresa.

Veja as questões onde você não pontuou, ou obteve meio ponto, pois elas podem dar-lhe boas indicações do que necessita melhorar.

Abaixo de 12 pontos. Sua empregabilidade é baixa, talvez você ande desmotivado ou não esteja dando importância à sua carreira, mas existem muitas brechas que precisam ser ajustadas.

Não subestime seu trabalho, sua empresa ou o mercado de trabalho, se você trabalha numa organização onde não existe estabilidade de emprego você tem que investir forte em si e em sua carreira.

Boas colocações requerem trabalho intenso e continuado, aperfeiçoamento contínuo, e uma boa rede de contatos. Observe as questões onde você não pontuou, ou obteve meio ponto, pois elas podem dar-lhe boas indicações do que necessita melhorar.

Texto extraído do livro “35 Testes para Avaliar suas Habilidades Profissionais”, de Ernesto Artur Berg, Juruá Editora.

Janaína Lima

LinkedIn Top Voice | Mentora de Carreira | Especialista em Recolocação Profissional e Empregabilidade. Criadora do Programa Recolocação Profissional 2.0!

PS: Leia também: Flexibilidade no trabalho e qualidade de vida!

Sobre o autor | Website

Olá, eu sou Janaína Lima e minha missão é ajudar o maior número possível de profissionais a Conquistar um Novo Emprego e darem uma vida digna para suas famílias! Recrutadora Profissional e Gestora de RH, Psicóloga com MBA em Gestão de Pessoas, Mentora e Coach de Carreira, Especialista em Recolocação Profissional e Empregabilidade. Mais de 500.000 seguidores no Linkedin, a maior rede social profissional do mundo. Mais de 1.500 alunos já conquistaram um novo emprego tendo o meu direcionamento e seguindo minhas estratégias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

Seja o primeiro a comentar!