Entrevista de Emprego por Telefone: O que Fazer e o que Não Fazer

Entrevista de Emprego por Telefone

Não seja pego de surpresa

Em primeiro lugar sempre que se candidatar a uma vaga, vibre intensamente para receber a tão esperada ligação, tudo que realizamos com fé, pensamento positivo e intenção de algo, aumentam as chances de acontecer!

É comum os recrutadores realizarem triagens por telefone antes de agendarem uma entrevista de emprego pessoalmente ou por telefone, para não correr o risco de perder o tempo deles e o seu.
É uma espécie de peneira, para selecionar os melhores candidatos.
A entrevista de triagem costuma ser rápida e a ligação acontece geralmente de surpresa.

É interessante que você tenha um controle das vagas que você se candidatou, a data, o nome da empresa, as experiências ou competências-chave que você tem que atende ao perfil da vaga.

Siga esses 3 passos:

  1. Imprima o currículo e marque os pontos mais importantes que você atende para aquela vaga que você se candidatou;
  2. Pesquise sobre a empresa, (ramo de atuação, principais produtos e serviços, localização, missão, valores, tente descobrir algo que lhe conecte com a empresa seja os valores, o segmento da sua área de formação, preocupação com o meio ambiente, etc.
  3. Tenha acesso fácil as características da vaga. Avalie quais foram os motivos que o levou a se candidatar para essa vaga. Faça uma anotação descrevendo como sua experiência ou o que aprendeu na sua formação pode contribuir com a empresa.

Mantenha esse controle e suas anotações em lugar de fácil acesso, isso vai te ajudar bastante.

A entrevista de emprego é algo que desejamos, porém, nem sempre estamos preparados.

Pensando nisso, o artigo de hoje vem recheado de dicas do que fazer e o que não fazer, caso você seja surpreendido com uma entrevista de emprego por telefone.

Ao se candidatar para uma vaga você deve estar preparado para um contato, seja por telefone ou mensagem eletrônica.

Então fique atento às dicas que serão passadas neste vídeo e coloque tudo em prática.

O que fazer quando não é possível dar atenção ao Recrutador na hora que ele liga?

Se não puder falar com o entrevistador, seja porque não está em um lugar barulhento, ou numa consulta médica, ou simplesmente porque está em horário de trabalho, você pode ser verdadeiro.

Se for verdade, informe que deseja saber mais sobre a vaga, mas nesse exato momento não consegue dar a atenção necessária, (explique o motivo), pergunte se pode falar com a pessoa em outro horário que estará disponível.

Importante:

O como você fala isso é mais importante do que simplesmente falar o que escrevi acima, use sua empatia e simpatia, para tornar esse pedido educado e gentil, para o recrutador não pensar que você não tem interesse ok?

Prepare-se para revelar sua melhor versão

  • Sugiro que uns 10 ou 20 minutos antes do horário agendado para entrevista, comece a preparar o ambiente.
  • Se estiver em casa, escolha um local silencioso e sem distrações;
  • Se estiver no trabalho, 10 minutos antes se possível vá para uma sala de reunião ou um local mais reservado possível, onde não será interrompido;
  • Leve as anotações que preparou para a entrevista, se possível tenha um copo ou uma garrafa de água, é normal sentir sede depois de um tempo de conversa.

Caso tenha marcado a entrevista por telefone fixo, desligue o celular assim que a entrevista começar.

Respire fundo, confie que você é o melhor candidato para está vaga.

Uma dúvida frequente é:

Posso perguntar qual é o salário nesse primeiro contato?

Minha resposta é, se você estiver trabalhando não termine a entrevista sem antes saber o valor do salário, não adianta avançar para outra etapa sem saber se vale a pena gastar tempo e energia se a vaga e/ou salário não for melhor que o seu atual.

Claro que às vezes o profissional até aceita algo igual ou menor se estiver se sentindo desconfortável na empresa atual, cada caso é um caso.

Mas se você está fora do mercado e o salário não é um grande problema para você aceitar a oportunidade, preocupe-se primeiramente em mostrar que você é a pessoa certa para vaga, essa parte do salário se não for comentada na primeira entrevista, poderá perguntar caso a pessoa não fale até o final da segunda entrevista, onde o recrutador já terá entendido que você vale muito mais, caso tenha se saído bem nas primeiras etapas.

Prepare-se para falar um pouco mais sobre você

O recrutador deseja te conhecer melhor, ele quer saber  se você tem mesmo interesse e o perfil que ele está buscando para essa vaga.

Depois tentará achar peculiaridades que lhe diferencie da maioria dos outros candidatos, por isso sempre comento para você revelar sua melhor versão.

Fique presente na entrevista para você revelar o quão interessante você é, tanto em relação a sua experiência, (quando for o caso), quanto a sua educação e simpatia, (você só tem a ganhar com isso).

Demonstre-se aberto a responder o que for perguntado, com segurança e naturalidade.

Prepare-se para perguntas desse tipo:

1 – Quanto tempo você está disponível no mercado?

2 – Qual foi seu último salário?

3 – Qual é a sua pretensão salarial

4 – Qual cargo ou posições você está buscando?

5 – O que é mais importante para você em um trabalho?

6 – Por que deveríamos escolher você para essa vaga?

7 – Prepare-se para dizer quais são seus pontos fortes e seus pontos de melhoria?


Algumas perguntas são básicas e você deve estar preparado para elas, nesse link você tem acesso as 23 perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego.

A ideia de compartilhar esse assunto com você é para  te preparar para arrasar na sua próxima entrevista, seja por telefone, pessoalmente ou entrevista por Skype.

Parabéns se você leu o artigo até o final e se assistiu os vídeos.

Se você deseja ter meu apoio, suporte e direcionamento para te ajudar a acelerar sua recolocação no mercado de trabalho 5 vezes mais rápido do que se estivesse tentando sozinho, por acertos, erros e frustações, acesse agora esse link e venha fazer parte do Programa Recolocação profissional 2.0!

Um abraço

Janaína Lima

Mentora | Coach de Recolocação Profissional e Empregabilidade

PS: Compartilhe esse artigo com seus amigos no whatsApp e siga-me nas minhas redes sociais, clicando aqui.

Sobre o autor | Website

Olá, eu sou Janaína Lima e minha missão é ajudar o maior número possível de profissionais a Conquistar um Novo Emprego e darem uma vida digna para suas famílias! Recrutadora Profissional e Gestora de RH, Psicóloga com MBA em Gestão de Pessoas, Mentora e Coach de Carreira, Especialista em Recolocação Profissional e Empregabilidade. Mais de 500.000 seguidores no Linkedin, a maior rede social profissional do mundo. Mais de 1.000 alunos já conquistaram um novo emprego tendo o meu direcionamento e seguindo minhas estratégias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

14 Comentários

  1. Antonio Clemente disse:

    Excelente!!!!

  2. SILVIO disse:

    Ótimo vídeo Janaina.
    Gostei muito
    Silvio

  3. Andeson disse:

    Adorei!! Ótimo vídeo! Esta de parabém!!!

  4. Denilson Cordeiro disse:

    Muito boas as dicas, principalmente a pergunta sobre pontos fortes e fracos, já fiz a minha “colinha” e constantemente revisitou as respostas.

  5. Paulo André H. Rösler disse:

    Boa noite Janaína!!!
    Sou um profissional da área de engenharia, especificamente no desenvolvimento de produtos para o mercado industrial, máquinas e equipamentos e no momento empregado. Tenho acompanhado seus links, vídeos e outros artigos, pois, depois de quase dez anos atuando, estou pensando em evoluir com minha carreira profissional, e seus posts tem sido os melhores que encontrei. Suas dicas vão além de conselhos e são muito naturais.
    Agradeço muito.
    Parabéns.

  6. Raquel disse:

    Adorei o vídeo! Acabaram as minhas dúvidas.
    Muito Obrigada.
    Att,
    Raquel Carneiro

  7. Renato Policarpo disse:

    Janaína, boa noite !

    Foi muito importante para mim. Você é profissional competentíssima.
    Te desejo grandes realizações juntamente aos seus Familiares em nome do Senhor JESUS. Felicidades.