Selo OpenToWork no Linkedin

Usar ou não usar o selo “OpenToWork” no Linkedin?

Nesse artigo decidi informar porque não recomendo mais que utilize o selo OpenToWork no Linkedin.
Essa recomendação surgiu dos feedbacks recebidos dos meus alunos do Programa Recolocação Profissional 2.0 e do Curso Linkedin Otimizado para emprego.

Vários alunos comentaram comigo que sentiram dificuldades de acesso a algumas pessoas depois que utilizaram esse selo.

Alguns ainda estão testando e recomendo que você faça o mesmo, caso esteja utilizando  o selo, avalie suas métricas, se perceber que sem o selo tem mais acesso as pessoas e o seu número de conexões e retornos aumentam, pare de utilizar o quanto antes.

A ideia do selo foi excelente na minha opinião, mas infelizmente algumas pessoas julgam as demais pelo selo.

O problema não é a funcionalidade e sim o possível julgamento “que quem utiliza o selo só está fazendo contato porque deseja enviar um currículo, ou pedir um emprego”.

No primeiro momento, quanto lançaram essa opção eu achei ótimo, porque me coloquei no papel do recrutador, o selo facilita saber que aquele profissional tem maior disponibilidade para um novo emprego, mas nem todos pensam assim…

Até porque muitas pessoas no desespero, acabam pedindo para enviar currículo e pedindo emprego antes mesmo de construir uma relação, antes de praticar o networking ou saber se de fato a pessoa está trabalhando determinada vaga. Bato muito nessa tecla com meus alunos para utilizarem a rede social profissional de forma inteligente e estratégica.

E por esse motivo, eu cheguei a conclusão que não vale à pena usar o selo, porque antes da pessoa saber que você deseja um novo emprego, é importante que ela entenda o seu valor.

  • Como você pode contribuir;
  • Quem você é;
  • Que tipo de experiência você possui;
  • Que tipo de postagens você faz, curte e comenta, e só depois é interessante que ele(a) saiba que você está aberto a novos desafios.

Mostre seu valor primeiro, para depois saberem seu status. Empregado(a) ou disponível temporariamente.

Algumas pessoas não sabem como tirar o selo OpenToWork, outras querem demonstrar apenas para o Recrutador que está disponível para novos desafios!

Para ajudar nessas questões eu fiz esse vídeo explicativo de 2:29 minutos. Espero que te ajude!

Se quiser saber mais como posso te ajudar através dos meus cursos ou programa completo Recolocação Profissional 2.0, clique aqui.

Sucesso na busca do seu novo emprego!

Janaína Lima
Mentora | Coach de Recolocação Profissional e Empregabilidade

PS: Você também pode gostar desse tema: Escolhas: 2 caminhos para o profissional que foi demitido ou quer mudar de emprego ainda em 2020!

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!