A idade atrapalha para arrumar emprego?

A idade atrapalha para arrumar emprego? Isso é mesmo verdade?

Muitas coisas podem ajudar ou atrapalhar um profissional em sua carreira, uma que certamente pode atrapalhar é preocupar-se demasiadamente com o fator idade, assista esse vídeo, depois avance na leitura desse artigo feito com muito carinho para você.

Sugiro fortemente que em vez de se preocupar com a idade, que o profissional canalize mais energia e foco para ficar bem com sua saúde, com seu bem-estar e na conquista por  melhorar cada vez mais sua qualidade de vida (mental, espiritual e física), além de aprender a se posicionar de modo mais assertivo frente ao atual mercado de trabalho, sem dar tanta importância para questão da idade.

Se alguma empresa lhe “descartar” devido à idade, especialmente quando se tratar de alguém que já sabe o que dá certo e o que dá errado por conta da experiência e da maturidade, quem está perdendo é a empresa, não você!

Sua postura frente aos problemas e a vida vão depender do quanto se valoriza, se admira e se respeita em diferentes aspectos, a opinião dos outros geralmente estão ligadas a esse olhar.

Não deixe que sua idade se transforme em um autossabotador, ou em uma possível desculpa para não atingir seus resultados desejados, você tem mais controle sob suas ações para conquistar um novo emprego, não gaste energia com o que não é possível controlar.

Veja o exemplo do João, um aluno que mudou sua forma de olhar o mercado e nunca mais ficou sem trabalho.

Tem pessoas ainda “jovens” agindo e pensando de forma prejudicial, tem pessoas que podem ser taxadas de “velhas” pela idade, mas que estão dando ‘show’ de energia e competências para encarar o mercado de trabalho, incluindo criatividade e sabedoria para aproveitar as oportunidades.

Se você busca inspiração ou se já têm orgulho de si mesmo, como é o caso da (Marines), vai gostar de ver uma gestora que atualmente tem 55 anos e muita energia para lutar pelos seus sonhos, veja a entrevista que ela me concedeu compartilhando um pouco mais da sua história e o que ela faz na vida profissional. Clique no Play e inspire-se!

Com o passar dos anos, quando a idade se transforma em maturidade e numa vantagem (e isso só vem com o tempo), vamos nos desapegando de formas únicas e “quadradas” para solucionar problemas, percebemos a importância de acompanhar a evolução, inclusive nas formas de conquistar um trabalho, que não é mais como antes…

… Até pouco tempo, bastava ter nível superior, ser bom no que fazia, ser uma pessoa confiável, de fácil relacionamento e responsável, que um bom emprego estava garantido.

Atualmente, você tem que falar a “língua do mercado,” tem que demonstrar que é bom, inclusive atraindo a atenção dos recrutadores e gestores, utilizando estrategicamente suas redes sociais, sejam elas pessoais ou profissionais, porque tudo conta hoje em dia.

Somos avaliados não só no momento que estamos em uma entrevista de emprego, mas desde o momento que o recrutador notou que você é um candidato interessante para uma vaga.

Sua comunicação e seu posicionamento online ou off-line podem te ajudar a conquistar um novo emprego, em especial se aprender a usar bem as redes sociais, como cito nesse artigo: Como usar as redes sociais a seu favor!

Acredite: O que você comenta e compartilha diz muito sobre você.

Se você está buscando um novo emprego, participe de um evento 100% online e gratuito aonde vou te mostrar as 3 estratégias que funcionam para conquistar um novo emprego. Clicando aqui.

E vai funcionar: Mesmo que você tenha mais de 40 anos, mesmo se você está há mais de 1 ano fora do mercado ou está trabalhando, mas infeliz e quer mudar de emprego e mesmo em momentos como esse que estamos vivendo!

Janaína Lima

Mentora | Coach de Recolocação Profissional e Empregabilidade

Criadora do Programa Recolocação Profissional 2.0!

Você tem 50 anos ou mais? Confira as profissões com maior demanda nessa faixa etária

PS: Para agregar mais valor e te empoderar, quero compartilhar a história de uma jovem senhora de 79 anos – Helena Schargel, que após se aposentar conseguiu uma façanha incrível com seu olhar atento as oportunidades, mesmo em um ambiente não corporativo, ela teve visão estratégica e inovou aos 79 anos.

Gostei tanto da Helena que tive que compartilhar o vídeo acima, ela é um exemplo de empoderamento feminino e de que não tem desculpas para sermos nossa melhor versão e aproveitarmos as oportunidades, seja lá qual for a idade.

Esse vídeo foi para lhe mostrar um viés que vai além da recolocação profissional, toca a alma do ser humano quando o assunto é ter orgulho de si, quando a pessoa não usa a idade como limitador e sim como oportunidade para fazer mais do que gosta.

 

 

Sobre o autor | Website

Olá, eu sou Janaína Lima e minha missão é ajudar o maior número possível de profissionais a Conquistar um Novo Emprego e darem uma vida digna para suas famílias! Recrutadora Profissional e Gestora de RH, Psicóloga com MBA em Gestão de Pessoas, Mentora e Coach de Carreira, Especialista em Recolocação Profissional e Empregabilidade. Mais de 500.000 seguidores no Linkedin, a maior rede social profissional do mundo. Mais de 1.500 alunos já conquistaram um novo emprego tendo o meu direcionamento e seguindo minhas estratégias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

*

3 Comentários

  1. Sonia disse:

    A idade do candidato com certeza atrapalha. Os recrutadores, já na triagem dos currículos, excluem os candidatos +50, sem prévia análise do currículo, ou seja, pouco importa sua qualificação e experiência para determinada empresa. Enquanto não houver por parte do governo federal inventivo (fiscais) para as empresas que contratarem esses profissionais a dificuldade perdurará por muito tempo.

    • SONIA disse:

      Retificando, quis dizer INCENTIVOS FISCAIS PARA AS EMPRESAS.

    • Entendo seu posicionamento Sonia, mas por favor leia até o final o artigo, porque a ideia é inspirar e pensar em outras formas de encarar o fato! A Marines, o João e muitos outros que eu conheço não estão dando tanta importância para a questão da idade e estão sabendo driblar com assertividade essa fase que ainda pode e é muito produtiva e eles me inspiram a incentivar mais pessoas, a Helena no final do artigo é outra grande inspiração, mas sem dúvidas concordo que se o governo incentivar mais profissionais terão oportunidades, mas não podemos deixar de pensar também em outras fontes de renda que fujam do sistema quando achar isso importante, falo mais sobre isso nesse artigo: https://recolocacaoprofissional.com/renda-extra-enquanto-busca-um-novo-emprego/
      Obrigada pelo seu comentário, um abraço respeitoso!
      Janaína